Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

CRIAÇÃO E EVOLUÇÃO...OUTRA VEZ!

 

Duas organizações cristãs evangélicas levam hoje, à Faculdade de Letras, mais um debate subordinado ao tema «Criação e Evolução»! A ideia é levar ao meio secular a perspectiva cristã, dizem.
 
O que me preocupa não é o debate, o confronto, o contraditório…esse é bom. Parafraseando o grande Miguel de Unamuno, diria que o caminho é mais importante que o destino…Mais do que chegar ao fim, o objectivo dever ser o de fazer o caminho. Aplicando, o mais importante não é chegar a uma conclusão final, inequívoca, totalitária, dogmática…o mais importante é conseguir fazer o que poucos conseguem: discutir, confrontar, ser contraditado, esgrimir os pequenos espadachins da verdade individual sem ter medo de dizer… «touché».
 
Preocupa-me, isso sim, os fundamentalismos exacerbados que forçam os textos a defenderem o indefensável, a provar o improvável e a proclamar o que eles silenciam (fazendo, diga-se de passagem, um péssimo serviço à fé consistente e inteligente). O debate tem de começar por definir se, ao ler o Génesis, faremos o que chamarei de uma «leitura do evento» ou, antes, uma «leitura do princípio». Isto é, o relato destina-se a ficar encerrado na pobreza do evento, do facto que ele descreve ou destina-se, antes, a proclamar, de forma metafórica, a riqueza de um princípio universal e totalizante? Se tivermos a coragem de libertar o texto da pobreza da literalidade e a nós próprios de uma leitura marcada por uma «inocência original», descobriremos uma profundidade de verdade que nos espantará.
 
Luís Seabra Melancia
 

 

Publicado por Re-ligare às 14:59
Link do post | Comentar | Favorito

.Mais sobre Ciência das Religiões

.Pesquisar

.Posts recentes

. Ψυχή, Psychē e Fado

. A PRESENÇA AUSENTE (três)...

. A CULTURA QUE NOS REDEFIN...

. Música e Emoções - Romant...

. Biomusicologia – Definiçã...

. Natal, naTAO

. Encontro com Manuel Frias...

.Arquivos

.tags

. todas as tags

.Links

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds