Terça-feira, 30 de Junho de 2009

DESAPARECEU MICHAEL JACKSON...APARECEM OS REVERENDOS!

 

Os senhores da imagem são o Rev. Jesse Jackson (à esquerda) e o Rev. Al Sharpton. Mal se deu a notícia da morte de Michael Jackson, já estes dois abutres rondavam a cena onde jazia o cadáver, pavoneando a cauda em frente às câmaras de televisão e fazendo notar que eram amigos íntimos do falecido. As suas palavras exalam o o cheiro da fermentação pútrida das suas motivações religiosas.
 
Um exercício execrável, imundo, repugnante de aproveitamento – social, político e religioso. E digo-o porque as crenças religiosas desses pastores – e das suas igrejas – não comportam, não aceitam, nem admitem, sequer, pessoas com os comportamentos alegadamente desviantes que caracterizavam e são atribuídos a Michael Jackson.
 
A julgar pela ortodoxia religiosa dos senhores da imagem, fosse o falecido menos rico e famoso, e já o pobre estaria a pagar bem caro e a arder no inferno – essa câmara de torturas para onde a religião envia todos aqueles que não se submetem, que não são dóceis às suas exigências. Mas como se trata de Michael Jackson, os pastores tratarão de inventar uma qualquer indulgência que o absolva...
 
O resto é hipocrisia, é fachada, é religião em estado avançado de decomposição. A haver inferno, não sei quem lá cairia mais depressa: se o mundano, pecador, iníquo mas assumido Michael Jackson, se os hipócritas e oportunistas reverendos...

  

Luís Seabra Melancia

Docente na Licenciatura em CR

Publicado por Re-ligare às 02:48
Link do post | Comentar | Favorito
19 comentários:
De Agostinho Monteiro Farinha a 30 de Junho de 2009 às 10:25
Tenho não sei se pena se nojo de todos aqueles que têm necessidade de se porem em bicos de pés para serem notados. Infelizmente em todas as áreas da vida aparecem estes ou outros parecidos e para mim duas coisas acontecem ou são uns complexados que querem ser notados ou uns verdadeiros parasitas da Sociedade.
Agostinho Farinha
De Ideberto Bonani a 30 de Junho de 2009 às 11:37
endo atentamente o texto , DESAPARECEU MICHAEL JACKSON...APARECEM OS REVERENDOS, vai aqui as minhas considerações:
“AHHH! SE MICHAEL JACKSON FOSSE O MACHADO JACKSON” – II Reis 6:1-7
1 E disseram os filhos dos profetas a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos diante da tua face, nos é estreito.
2 Vamos, pois, até ao Jordão e tomemos de lá, cada um de nós, uma viga, e façamo-nos ali um lugar para habitar. E disse ele: Ide.
3 E disse um: Serve-te de ires com os teus servos. E disse: Eu irei.
4 E foi com eles; e, chegando eles ao Jordão, cortaram madeira.
5 E sucedeu que, derrubando um deles uma viga, o ferro caiu na água; e clamou, e disse: Ai, meu senhor! ele era emprestado.
6 E disse o homem de Deus: Onde caiu? E mostrando-lhe ele o lugar, cortou um pau, e o lançou ali, e fez flutuar o ferro.
7 E disse: Levanta-o. Então ele estendeu a sua mão e o tomou.


Michael Jackson, o eterno Rei do Pop Music! Morreu o homem que queria ser imortal! Michael que em hebraico é Miguel ( Quem é como o Senhor!). Parece irónico, porém ele se achava o senhor! Mas “O Senhor” é um só e não reparte sua Glória com ninguém!
Se a figura de linguagem, numa veia de inspiração metafórica me permite, gostaria de comparar o Michael Jackson com o machado desse tal filho de profeta mencionado no texto bíblico supra.
O grande ícone da pop music poderia ter sido um simples machado!
Qual o seria o seu verdadeiro significado como uma ferramenta na mão de Deus?!
Vejamos a história do senhor machado:
Michael estava afogado no pecado, doença, divida, crise de identidade, miséria, condenação, e outras lamas que muitas vezes o rio da vida quer ocultar!
Já nos adverte o texto sagrado que um abismo atrai outro abismo e a presença dos tais reverendos mencionados, Rev. Jesse Jackson e Rev. Al Sharpton não me causa espanto pois isso é simplesmente a lei da atracção, simples princípio, que serve também para a questão do inferno à qual foi levantada sua existência ou não no texto em apreço.
Se Michael fosse o machado em contacto com o soberano Deus, Ele o tiraria das lamacentas águas daquele rio e o traria a superfície absolutamente limpo e lavado nas águas cristalinas!
Ahhh! Se Michael Jackson fosse Machado Jackson!

Não era qualquer pessoa que podia possuir um machado à época de Eliseu era utensílio de grande valor!
Por detrás do menino que ama as crianças do mundo (We are the children's) Jackson era a estampa do orgulho, também, não me surpreende nesse momento, os orgulhosos reverendos querendo mais uma vez atrair as cenas dos holofotes para si mesmos. É a tal síndrome de Lúcifer que desta vez não atrai mas contamina, Rev. Jesse Jackson ( curioso: tem o mesmo apelido. Serão primos?) e o Rev. Al Sharpton.
Um simples pedaço de pau que nada vale, tornou-se um imã atractivo e valioso na superfície das águas daquele rio e com a simplicidade que só o verdadeiro cristianismo pode produzir, atraiu o pesado pedaço de ferro para cima. Se Michael Jackson permitisse que a simplicidade do evangelho o atraísse, com certeza, estaria entre nós hoje, que sabe ao lado de um simples guia espiritual mas atractivo servo do Altíssimo!
Ahhh! Se Michael Jackson fosse Machado Jackson!
A emblemática vida de Jackson era o terrível espectro de fracasso! Vida de imaginações, símbolos, alucinações, encantamentos. Um machado afundado nas lamacentas argilas depositadas no fundo do rio, não tem utilidade nenhuma, não serve para cortar!
Vemos agora à beira do rio da vida da famíla Jackson os “filhos de profetas”, Rev. Jesse Jackson e Rev. Al Sharpton, mas filho de profeta não é profeta, não resolve nada. Profeta é Eliseu. Michael se tivesse um Eliseu como pastor, ahhh, aí a coisa é bem diferente!
Ahhh! Se Michael Jackson fosse Machado Jackson!
Não me admira nada a presença dos abutres. Abutre se alimenta do pútrido, do imundo, do infecto!
O rio da vida existencial dos Jackson’s está lá. O Michael Jackson está lá, no lamacento lodo da morte (inferno?), é bom tirar as dúvidas. Os filhos dos profetas estão lá, Rev. Jesse Jackson e Rev. Al Sharpton. Futilidade espiritual na ausência da utilidade (machado) está lá! Onde está o Eliseu? Temo que ele não esteja lá, nem cá!
Bem, despeço-m
De Samuel Vicente a 30 de Junho de 2009 às 15:49
Meu caro Bonani ,

Que belo paralelismo que deixaste aqui no blog. Parabéns !
O professor Luís , assertivo como já o conhecemos, não deixou passar esta - e faz muito bem! - mas desta vez este teu comentário "extasiou-me". Muito bem observado.

Um abraço e boas férias.
Samuel
De Ideberto Bonani a 30 de Junho de 2009 às 16:53
Querido Samuel. Ninguém pode escapar do "Homem" da Caneta". O problema não é ser candidato ao inferno, mas saber se o nome está escrito no livro da vida!
" E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo." Apocalipse 20:15.

Xscape,
Got to get away
Xscape,
The pressure that I face
Xscape,
The man with the pen (get away)
Xscape,
I do what I wanna
I do what I wanna cause I gotta face nobody but me (hee-hee-hee)
(Hoo)
Xscape .
(Xscape)
Michael Jackson
De Tatiana R. Morello a 1 de Julho de 2009 às 15:37
Primeiramente gostaria de dizer que eu não era fã do cantor Michael Jackson, pois meu único ídolo é Jesus Cristo, mas eu o amava como pessoa, não apenas porque a bíblia diz que o amor é o maior dos mandamentos, e todo o que ama é nascido de Deus, eu o amo porque quando aceitei a Cristo automaticamente o amor, a compaixão e a misericórdia pelas pessoas fluíram em meu coração!
Gostaria de dizer que eu nem consegui terminar de ler o que foi relatado a respeito dos respectivos pastores mencionados acima, e ao ser humano Michael Jackson que também foi amado por Deus e que é tão criticado por vocês neste site, inclusive usando a própria palavra de Deus pra isso. Deus nos deixou a palavra, mas atacar as pessoas com a palavra de Deus não significa amá-las, Ele é um Deus de justiça sim, mas é ele quem julga!
A Bíblia diz em Lucas 6:37 Não julgueis e não sereis julgados, não condeneis e não sereis condenados, perdoais e sereis perdoados.
E em I Coríntios 10:12 diz: Aquele pois que pensa estar em pé veja que não caia.
Michael era uma pessoa carente de Deus, ele precisou de mim e de você para que tentasse fazer o que Jesse Jackson tentou, levar a palavra de Deus até ele! Deus irá cobrar de mim e de você quando chegar a hora.
Lembre-se de que pecado não tem tamanho então olhe cada um pra sua própria vida e veja se Michael J. e VOCÊ não são iguais perante Deus!!
De Ideberto Bonani a 1 de Julho de 2009 às 19:03
Tatiana. Respeito sua posição e concordo plenamente, pois, sou também cristão.
Percebo que você não entendeu bem o comentário, pois na verdade é uma resposta ao titulo principal sobre Michael e os Reverendos.
Se atentares, pelo menos no comentário que faço, não coloco a salvação de qualquer pessoa em questão. Faço através de um texto metafórico uma reflexão sobre um assunto que é tema do momento! Reflexão não é julgamento!
Um abraço!
De Luís Melancia a 2 de Julho de 2009 às 03:47
Olá Tatiana. Obrigado pelo seu feedback. É sempre importante e precioso. Mas olhe que a questão de fundo continua a ser a atitude dos oportunistas que aproveitam a tragédia para foçar a entrada na fotografia. Autênticos «penetras».

Michael Jackson? Para mim, foi uma notável figura que marcou o século XX! E um homem criado à imagem de Deus...amado por Deus...redimido (quer ele soubesse ou não) por Jesus Cristo que, segundo S. Paulo, morreu pelos pecados de todo o mundo! Ele incluido!!!

Sabia que o pastor Andrea Crouch (espero que a Tatiana tenha o prazer de conhecer a vida e obra de Crouch) esteve em casa do Michael Jackson há duas semanas, a convite do M. Jackson? E Crouch não vem pra TV para ser visto...
Essa é a diferença!

Um abraço fraterno e muito obrigado pela sua presença aqui no blog. Por favor, volte sempre e deixe sempre o seu comentário.
De Junior a 2 de Julho de 2009 às 14:34
Melancia...eh meio dificil dizer c um homem foi ou nao perdoado de seus pecados,pois quem perdoa e Deus da mesma forma como saber se algum esta salvo,o perdao vem para aqueles que creem :Marcos 16/16-18 (eu nao via MJ fazendo estas coisas),Jesus somente perdoava os pecados dakeles que o buscavam,procuravam a cura e remissao dos seus pecados,c estao perdoados ou nao os de MJ eu nao sei,porem nao me atrevo a dizer que sim ou mesmo q nao.Agora, tenho em mente que..."se" a intençao dos pastores era genuinamente levar a palavra de Deus que seja visto como um ato de ousadia,mas c foi soberba,quem sabe eh soh Deus (AP 2/23 E ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda os rins e os corações. E darei a cada um de vós segundo as vossas obras.)Um abraçao a todos !!! Fikem na paz do Senhor Jesus Cristo!
De Luís Melancia a 2 de Julho de 2009 às 16:52
Não sei se, pela familariedade do trato, o caro Júnior será alguém que eu conheço e me conhece. Todavia, deixo aqui o esclarecimento: contrariamente àquilo que o caro Júnior diz, os referidos reverendos nãop foram «levar a Palavra de Deus ao M. Jackson», para usar a sua terminologia. Se o caro Júnior viu a peça televisiva que deu origem ao meu comentário, veria que eles aparecem DEPOIS da morte de Jackson para fazer propaganda da sua (duvidosa) proximidade ao cantor.

Quanto ao resto, ser salvo ou não, deixo isso com o Salvador de todos os homens.
De Ideberto Bonani a 6 de Julho de 2009 às 01:18
Professor Melancia. Pensando ainda na morte do Michael Jackson que desenvolveste em seu comentário discussões acaloradas, vai mais essa:
Que a vida compense e seja feliz / Castelo de Vestal / Viver é bom Oswaldo Montenegro)

A música que vão ouvir é brincadeira
Vampiros não existem, mas sim,
Existem de outra maneira
Alguém suga coisas em você e em mim
A morte é igual, falsa e verdadeira
Mãe do início, avó-do-fim
Que seja a morte o fim da esperança
A morte é o beijo que ficou sem graça
É a velha que já não dança
É quem não gosta de você de graça
É o ciúme que devora e cansa
É a paixão que te incendeia e passa
A morte é a família que te odeia
É a inveja de quem você adora
Como um sangue que sabota a veia
É a tua espera quando alguém demora
É o amigo lá da tua aldeia
Que esqueceu aonde você mora
Que seja a morte a morte de quem você quer bem
É o vício de quem espera a sorte
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Professor Melancia. Pensando ainda na morte do Michael Jackson que desenvolveste em seu comentário discussões acaloradas, vai mais essa: <BR>Que a vida compense e seja feliz / Castelo de Vestal / Viver é bom Oswaldo Montenegro) <BR><BR>A música que vão ouvir é brincadeira <BR>Vampiros não existem, mas sim, <BR>Existem de outra maneira <BR>Alguém suga coisas em você e em mim <BR>A morte é igual, falsa e verdadeira <BR>Mãe do início, avó-do-fim <BR>Que seja a morte o fim da esperança <BR>A morte é o beijo que ficou sem graça <BR>É a velha que já não dança <BR>É quem não gosta de você de graça <BR>É o ciúme que devora e cansa <BR>É a paixão que te incendeia e passa <BR>A morte é a família que te odeia <BR>É a inveja de quem você adora <BR>Como um sangue que sabota a veia <BR>É a tua espera quando alguém demora <BR>É o amigo lá da tua aldeia <BR>Que esqueceu aonde você mora <BR>Que seja a morte a morte de quem você quer bem <BR>É o vício de quem espera a sorte <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Pra</A> quem a sorte nunca vem <BR>É a morte de quem vem do Norte <BR>E passa a vida esperando o trem <BR>É o pai que não diz que te ama <BR>Para alguns, Castelo de Vestal <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Pra</A> mim é quando alguém me engana <BR>Para alguns é só ponto final <BR>A morte é o quadro-negro com saudade da mão com giz <BR>Para alguns é dor <BR>Para outros, sossego <BR>A plateia vazia é a morte da actriz <BR>Por fim, é um brinde a viver sem medo <BR>Que a vida compense <BR>E que seja feliz <BR><BR>No velho castelo de vestal <BR>Entre antigos copos de cristal <BR>Bebem os vampiros e os anões <BR>À saúde do seu rei <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Desirée</A> princesa do local <BR>Namora com a noite e o temporal <BR>Velho inimigo das paixões <BR>Levou seu amado rei <BR><BR>A mágica ensina o que a lógica evita <BR>Princesa acredita, viver é bom <BR>Por mais que pareça que a dor é infinita <BR>Princesa acredita, viver é bom <BR>Olha princesa, a dor de viver <BR>É a dor de não ter a resposta <BR>Em seguida do gesto <BR>É a dor de não ver o exacto contorno <BR>Do que se queria enxergar <BR>Ah, da pena de ver <BR>O sutil descompasso, o total desacerto <BR>Entre a água e a sede <BR>Entre o peixe e a rede <BR>Entre a linha e o ponto <BR>E esse tal desencontro, princesa <BR>É a dor de viver <BR>Queria te dar tanta coisa bonita <BR>Princesa acredita, viver é bom <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Michael</A> Jackson tem dois filhos que se chamam Prince ! Esses nasceram originais, mas que não morram cópia! <BR>Abração! Bonani ,"Ser Pensante!"
De junior a 2 de Julho de 2009 às 17:05
Caro Sr. Luiz Melancia,se você observar corretamente o texto,perceberá que eu não determinei que os reverendos foram levar a palavra (pois eu nao vi o referido fato pela TV) e sim que, como deixei bem claro "se" eles foram.concordo plenamente com a opniao de que nao se deve usar da midia ou da popularidade de MJ para fazer propaganda do proprio nome por este motivo citei Ap 2/23.Fikem todos com Deus e com a paz do Senhor Jesus !!!
De Luís Melancia a 3 de Julho de 2009 às 00:58
Obrigado, caro Júnior, pelas suas participações. E afinal estamos de acordo! Fantástico ( e seria igualmente fantástico se divergíssemos; também na divergência há inteligência).
Um abraço.
De Welberg Rodrigues a 3 de Julho de 2009 às 10:24
Abutres
Quando pensamos no continente africano logo nos vem a mente os fantásticos leões, girafas, rinocerontes e também abutres. Abutres são aqueles que estão a espera de uma oportunidade para poderem comer a carcaça ou carne pútrida. Estes reverendos não são diferentes afinal não deixamos de ser um animal ……. Racional………voltando aos abutres. Temos abutres para todo gosto. Barbatus - Abutre-barbudo ou quebra-ossos, Gyps africanus - abutre-de-rabadilha-branca, fulvus - grifo, coprotheres - abutre-do-cabo, bengalensis - abutre-indiano, G. ruepellii - grifo-de-rüppell, G. himalayensis - grifo-dos-himalaias, Torgos, tracheliotus - abutre-real, Aegypius, monachus - abutre-negro, Neophron, percnopterus - abutre-do-egipto, Gypohierax, angolensis - abutre-das-palmeiras, Necrosyrtes, monachus - abutre-de-capuz. E é claro os ABUTRES REVERENDUS, aqueles que estão a espera da ocasião para poderem também se alimentarem das oportunidades. Os abutres são mesmo assim, não podemos mudar sua natureza. “Cada árvore produza segundo sua espécie e pelo fruto os conhecereis.” Desculpem os mais sensíveis e espirituais. A realidade é, que nós os ditos cristãos, não podemos mais esconder-nos da realidade presente. “Saia da caverna Elias” penso que conhecem onde, e quem falou esta frase, assim como a citada anteriormente. O mundo é real vejamos ele como tal. Ao meu colega Bonani meus parabéns pelo seu comentário como do nosso colega Melancia, pelo seu sentido de oportunidade em sacar acontecimentos recentes e mediáticos.
De MANOEL MESSIAS a 13 de Julho de 2009 às 04:21
A IGREJA GOSPEL AMERICANA LAMENTA A MORTE DE MICHAEL JACKSON , ISTO É LAMENTÁVEL E TRISTE. ISTO MOSTRA O ESTADO DEPLORÁVEL EM QUE SE ENCONTRA A IGREJA QUE TANTO PREGA A LISURA DA MORAL.
SE NÃO UM ATO DE APROVEITAMENTO QUE NOME SE PODE DAR A UM ATO COMO ESTE?? UM PASTOR, REVERENDO OU QUALQUER SACERDOTE, QUE NO USO DO OFICIO NO MÍNIMO IRIA DEFENDER OS SEUS FIÉIS QUE NA VIDA ILIBADA E DE BONS EXEMPLOS PARA A SOCIEDADE, SERIA REFLEXO DA PUREZA DA FÉ.
CONCORDO COM O CARO COLEGA LUIS MELANCIA, É REALMENTE l UM EXERCÍCIO EXECRÁVEL, NÃO DIGO TODA IGREJA GOSPEL , BATISTA, PRESBITERIANA OU SEJA QUALQUER OUTRA, MAS PREFIRO PENSAR QUE ISTO É UM CASO ISOLADO DE APROVEITADORES QUE COMO OS INQUISIDORES EM QUE OS POBRES SOFRIAM NO INFERNO POR NÃO TER COMO PAGAR O VALOR DE SUA ABSOLVIÇÃO . OS RICOS SEMPRE SERÃO LOUVADOS, MORTOS OU VIVOS.
ESTÁ NA HORA DE REPENSAR AS ATITUDES DESSES HOMENS, ELES PODEM REALMENTE REPRESENTAR A IGREJA???????
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

A IGREJA GOSPEL AMERICANA LAMENTA A MORTE DE MICHAEL JACKSON , ISTO É LAMENTÁVEL E TRISTE. ISTO MOSTRA O ESTADO DEPLORÁVEL EM QUE SE ENCONTRA A IGREJA QUE TANTO PREGA A LISURA DA MORAL. <BR>SE NÃO UM ATO DE APROVEITAMENTO QUE NOME SE PODE DAR A UM ATO COMO ESTE?? UM PASTOR, REVERENDO OU QUALQUER SACERDOTE, QUE NO USO DO OFICIO NO MÍNIMO IRIA DEFENDER OS SEUS FIÉIS QUE NA VIDA ILIBADA E DE BONS EXEMPLOS PARA A SOCIEDADE, SERIA REFLEXO DA PUREZA DA FÉ. <BR>CONCORDO COM O CARO COLEGA LUIS MELANCIA, É REALMENTE l UM EXERCÍCIO EXECRÁVEL, NÃO DIGO TODA IGREJA GOSPEL , BATISTA, PRESBITERIANA OU SEJA QUALQUER OUTRA, MAS PREFIRO PENSAR QUE ISTO É UM CASO ISOLADO DE APROVEITADORES QUE COMO OS INQUISIDORES EM QUE OS POBRES SOFRIAM NO INFERNO POR NÃO TER COMO PAGAR O VALOR DE SUA ABSOLVIÇÃO . OS RICOS SEMPRE SERÃO LOUVADOS, MORTOS OU VIVOS. <BR>ESTÁ NA HORA DE REPENSAR AS ATITUDES DESSES HOMENS, ELES PODEM REALMENTE REPRESENTAR A IGREJA??????? <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>MANOEL</A> MESSIAS <BR>ALUNO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO <BR>BRASÍLIA - DF
De Nonato Souza a 16 de Julho de 2009 às 16:17
Sobre o comentário: Desapareceu Michael Jackson...Aparecem os Reverendos! Inicialmente devo dizer que não tenho nenhum sentimento de fanatismo pelo referido cantor. Nas poucas vezes que o vi através da mídia televisiva e nos poucos comentários que li a seu respeito, o vi sempre como uma pessoa calcada por muitos problemas e preocupações exacerbadas, com a face sempre triste, às vezes tentando esboçar um sorriso forçado, embora os documentários televisivos tentem mostrar o contrário. Michael Jackson parece ter sido uma pessoa, que embora cercada por muitos fãs e amigos, era solitária, tendo riquezas, era infeliz, haja vista, que bens materiais nunca trouxeram felicidade a ninguém. Quanto aos aproveitadores (aqui me refiro àqueles que estão desprovidos de um verdadeiro compromisso cristão com Deus e a sociedade à sua volta), os tais reverendos, citado pelo nobre companheiro Melancia, eles sempre existiram e existirão, pois, não tem nenhum interesse com o bem espiritual de ninguém, quiçá o amor ao dinheiro e aos prazeres, estando sempre em busca da satisfação dos seus desejos egoístas. Os tais, na verdade, embora tenham aparência de piedade, negam-lhe, porém a eficácia. Voltando para a situação religiosa de Michael, parece ser uma pessoa carente de algo que pudesse preencher o vazio existente dentro dele. Como todo ser humano que está em busca de respostas para sua vida além túmulo, ele também, certamente, se preocupava neste mister, levando-se em consideração suas necessidades espirituais e carências afins. Quanto à sua salvação ou perdição, deixemos com aquele que sonda os corações, e que um dia há de julgar os vivos e os mortos segundo as suas obras. Um abraço a todos. Nonato Souza. Aluno de pós graduação com acesso ao Mestrado. Brasília (DF)
De Erly Fernandes Cardoso a 27 de Julho de 2009 às 19:47
COMENTÁRIO AO TEXTO: DESAPARECEU MICHAEL JACKSON...APARECEM OS REVERENDOS!

É, tenho que comentar?
Uma comediante brasileira afirmaria: - Prefiro não comentar!!!
Mas, como não sou comediante, vou comentar!
Sou brasileiro, eticamente, talvez não pudesse, pois o assunto versa sobre cidadãos americanos, ou melhor, norte americanos.
Porém, um deles não era apenas cidadão norte americano, mas, cidadão do mundo, ou melhor, ainda, rei do Pop Star. Por isso, acho que tenho direito de comentar.
Os outros dois, insignificantes, não merecem o comentário, são tipicamente cidadãos norte americanos, certamente defendem o tão conhecido ¨orgulho americano¨. neste ponto concordo com a comediante brasileira, prefiro não comentar.
Antes de quaisquer outros comentários, se é que já comecei fazê-los, devo dizer que os acontecimentos que levaram o Eminente professor Dr. Luiz Seabra Melancia escrever este texto, seria hilário se não fosse trágico.
Os existencialistas diriam que Michael Jackson foi um ser jogado no mundo, talvez uma coisa, quem sabe uma peteca, (aqui peço permissão ao comentarista Ideberto Bonani, para usar a sua frase: ¨se a figura de linguagem, numa veia de inspiração metafórica me permite¨), que eu não seja mal compreendido pelos portugueses, aqui no Brasil
peteca é o nome dado a um artefato esportivo, utilizado no jogo também chamado "Peteka", de origem indígena-brasileira. A Peteca é constituída de uma base que concentra a maior parte de seu peso, geralmente feito de borracha, e uma extensão mais leve, geralmente feita de penas naturais ou sintéticas, com o objetivo de dar equilíbrio ou orientar sua trajetória no ar quando arremessada. O jogo consiste em dois ou mais participantes, utilizando-se as mãos, onde a peteca é arremessada ao ar de um jogador para o outro, evitando que a mesma toque o solo numa área definida. É um esporte praticado em várias regiões do Brasil, e tem como origem o estado de Minas Gerais, proveniente dos índios que habitavam aquela região, que utilizavam tocos de madeira e palha amarrados a penas de aves, arremessando o artefato entre si como forma de diversão. Registros históricos indicam que a peteca era utilizada pelos nativos brasileiros como forma de recreação muito antes dos colonizadores portugueses chegarem. Paralelamente aos rituais e festas indígenas o jogo da peteca era praticado, tendo como centro as tribos localizadas no estado brasileiro de Minas Gerais- Brasil. Através de gerações a tradição de jogar peteca foi se perpetuando, tornando-se enfim o esporte que é hoje. (http://pt.Wikipedia . org / wiki/Peteca)
Michael Jackson foi jogado pra lá e pra cá, como uma peteca, às vezes nas mãos de um, às vezes nas mãos de outro e às vezes no ar, (ou seria melhor, fora do ar). Se ele soubesse jogar com o seu ser como jogava com o seu corpo, (me refiro às danças e não às plásticas) não permitiria ser jogado por tantos aproveitadores. Ele não cairia assim tão precocemente, neste sentido, quem perdeu foi a peteca.
Os aproveitadores que como já disse, não merecem comentários, nem muito menos os títulos que ostentam, passados estes momentos de ¨euforia¨ e auto-apologia, no afã de descobrir a culpa de quem deixou cair a peteca, certamente, procurarão outro semelhante a Michael Jackson para começar novamente com esse joginho sem graça.
A qualquer momento destes eles vão perder.
O dia e a hora deles vão chegar.
Quem sabe se neste dia eu não prefira, comentar..
Erly Fernandes Cardoso - Aluno de pós-graduação com acesso ao Mestrado. Brasília (DF).
De Jogos de Motas a 11 de Maio de 2011 às 17:29
São uns autenticos vampiros!
De Maíra a 3 de Agosto de 2011 às 00:41
Com certeza quem irá para o inferno serão vocês, bando de abutres.
Como ousam falar mal de um homem que só fez o bem, que foi o maior astro e humanitário do milênio??
Vocês conhecem Michael Jackson?? Conhecem sua verdadeira história??
Bando de fanáticos desocupados.
Passam a vida julgando as pessoas e acham que estão fazendo a vontade de Deus??
Michael foi inocentado porque nunca fez mal à ninguém, muito pelo contrário...só fez o bem as pessoas, além de ajudar finaceiramente, deu amor à todos.
Se o mundo possuísse o caráter digno de Michael com certeza seria um paraíso.
Vão procurar estudar para interpretarem melhor as palavras de Deus, e não saírem por aí cometendo injustiças contra seus semelhantes.
Se vocês possuíssem a milésima parte do humanitarismo de Michael Jackson, com certeza agradariam à Deus, e não da forma como estão agindo...julgando e condenando pessoas inocentes.
Bando de urubus, que vivem as sobras dos que brilham. Enquanto Michael transbordou amor e cumpriu sua missão com honestidade, humildade, bondade e amor...vocês desperdiçam suas vidas criticando por inveja e ódio as pessoas elevadas e caridosas. Vocês são fanáticas, são vazias e vivem numa escuridão interior.

Comentar post

.Mais sobre Ciência das Religiões

.Pesquisar

.Posts recentes

. Ψυχή, Psychē e Fado

. A PRESENÇA AUSENTE (três)...

. A CULTURA QUE NOS REDEFIN...

. Música e Emoções - Romant...

. Biomusicologia – Definiçã...

. Natal, naTAO

. Encontro com Manuel Frias...

.Arquivos

.tags

. todas as tags

.Links

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds